domingo, 19 de dezembro de 2010

Nunca desista...Vá em frente...

Sempre quando penso em desisitir de tudo..Deus me dá forças pra ir superando  os obstáculos..Já pensei e me perguntei muitas e muitas vezes...Pq logo eu a escolhida pra passar por todas essas tempestades em minha vida...?Ficar sem caminhar,sem poder controlar meus movimentos,sem poder ler,estudar,de ir pra noitada como eu amo fazer hj em dia...rsrs... perder de me formar no ensino médio com minhas amigas, pra mim isso tudo foi muito duro..Mas é como minha mãe sempre diz ...Deus nunca nos dá um fardo maior do que podemos carregar...
E se ele me deu essa doença...com certeza ele sabe muito bem pra pessoa que está dando..e sabe que nas maiores dificuldades eu me supero....Nunca reclamei de nada...sempre foi tudo na raça e na coragem...
Quando ainda tinha aquelas contrações fortissimas...que não conseguia parar de mexer ,que agora não tenho mais...uma da unicas coisas que me aliviava era quando eu pedia pra minha mãe e minhas irmãs deitarem em cima de mim...e sentia muita dor nos braços e nos ombros que minha  mãe enfaixava e apertava bem..pra ver se os movimentos dos musculos cessavam...
A primeira cirurgia que meu médico sugeriu ...que foi a da bomba de efusão intratecal...Fiquei animadissima...pq tinha surgido  uma esperança ,uma luz no fim do tunel pra mim ficar melhor...enchi muito os meus pais pra eles verem tudo pra mim...
E dentro de uns 2 meses lá estava eu bem feliz no hospital..prontissimaa pra minha primeira  empreitada das q iriam vim...Antes de fazer a cirurgia o médico tinha que testar o remédio q é um liquido q vai pra medula e leva pro cerebro....
Nossa as primeiras vezes que ele foi testar em mim ...me senti tão bem e relaxada...que mal conseguia falar...e não tinha forças nem pra ir da cama até o banheiro... a mãe dizia q parecia q estava bebum...rsrs...de tão mole que eu ficava...Pq não estava acostumada a ter essa sensação no meu corpo...Ah ,e já que não podia lavar a cabeça no chuveiro por causa do catater q se encontrava em minha coluna...pegava permissão com a enfermeira chefe e ia no salão do hospital de clinicas aonde eles lavavam meu cabelo e depois eu fazia chapinha...hahaha...pra ficar no hospital mesmo..As enfermeiras achavam graça de toda minha vaidade...Mas quem nasceu pra ser rainha..jamais perde a majestade....rsrs...
Mais tarde surgiu a cirurgia do pescoço...Minha primeira pergunta foi ...Vou ter q raspar a cabeça..E o médico disse não...Detalhe que não mencionei antes depois dessa primeira cirurgia disse...Nunca mais quero vim pro hospital....E depois das outras q eu fiz dizia a mesma coisa....Mas sempre estou pronta pra novas empreitadas na minha vida....desde que os médicos me digam que vou melhorar...Lá esta D.Fernanda fazendo sua malinha...pra ir pro hospital novamente.. e o melhor é que vou sempre feliz e cheia de esperança ...Daí fui eu fazer a cirurgia do pescoço..Quando acordei e vi meu pai ali do meu lado e percebi que estava viva comecei a chorar ,só não conseguia falar pq estava entubada ainda...e com as mãos atadas ..Já que a unica coisa que podia mexer era perna ...comecei a levantar ela várias vezes...pra ver se o pai entendia q eu queria q tirassem o tubo...Ele entedeu e  pediu e depois de um tempo eles tiraram aquele "troço"de mim ...Me senti muito melhor ...pq podia falar ...Mas estava na UTI...que não é  um lugar nem um pouco agradavél....Mas fiquei um dia só e depois me liberaram pra ir pro quarto...Adorei a idéia de ir pro quarto ....Chegando no apartamento da minha tia comecei a perceber que o meu pescoço estava indo pra trás de novo...A cirurgia tinha dado errado e ele ainda tinha raspado metade do meu cabelo....rsrs
Foi então q ele resolveu fazer uma cirurgia mais invasiva...mas foi um ano depois dessa que já tinha feito...Fui eu lá de novo...e dessa vez deu certo...Pra minha alegria....Só que essa foi a de pior recuperação...pq como já estava acostumada com minha traquéia totatalmente deslocada...Sentia uma falta de ar ...e não conseguia sustentar meu pescoço ...pq toda a musculatura tinha sido "cortada"....Então a mãe teve a idéia de mandar fazer um colete pra mim....
E vim pra São Gabriel...e comecei a fisioterapia e fono...e qualquer melhora que eu tinha eu já me desmanchava em prantos...Se eu conseguia simplesmente levantar a cabeça do sofá ,sem auxilio de ninguém ...Pra mim já era o maximo... E se eu coseguia dar um passo ...sozinha eu mesma sustentando minha cabeça..era uma grande conquista..
Meu primeiro colete...horroroso....rsrs...


Esse já está melhorzinho...
 Meu pai vendo q eu estava melhorando...Sugeriu que eu usasse outro colete...no começo relutei a essa idéia....pq tinha medo q já q o outro colete era menor ...não conseguisse sustentar o meu pescoço como o outro..e tb q ele me sufocasse ...pq na frente era fechado...mas acabei me acostumando....
Depois de alguns anos o médico que cuida de mim desde q eu tinha uns 9 anos Dr Frederico Klieman..falou em fazer outra cirurgia...q era uma cirurgia mais usada em quem tem Mal de Parkson...mas ele disse q tinham feito em muitas pessoas com distonia e elas obtiveram um bom resultado....Lá fui pra luta novamente...Ele me indicou outro médico..q sabia mais sobre essa cirurgia e esse médico me passou pro cirurgião...E foi ele que me explicou tudo...E como era muito dinheiro e não tinhamos...Tivemos q entrar na justiça pra conseguir o dinheiro...passei meses e meses muito angustiada não sabia se ia conseguir o dinheiro tão esperado pra essa cirurgia...q me prometia ter tanta  melhora...e se consegui esse dinheiro tão esperado devo a Dra Silvia Bortuluzzi...q além de minha advogada que luta por mim em tudo q preciso na justiça..ela é uma grande amiga e uma pessoa de um coração enorme e generoso....
Daí novamente me vi dentro de um hospital...aonde conheci muitas pessoas muito legais minha fisio q fez fisioterapia em mim no hospital e depois em casa Fernanda Alves ....Te adoro muitão Fê..o meu anestesista q passou uma segurança...Dr Leonardo...e outros médicos da equipe que estavam lá toda hora ver como eu estava....E eu sou assim melhoro um pouquinho e já quero logo "cair fora"do hospital é uma sensação muito ruim pq parece q estou numa prisão...com aquela pulserinha...Tenho um verdadeiro pavor da tal pulserinha....rsrs..pq sei q só vão tirar ela do meu pulso quando o médico me der alta....Logo q me vi melhor um pouco comecei a perguntar quando q iam me dar alta...Foi então q me deram uma brilhante idéia...rsrs...Disseram pra mim esperar o Dr arrumada ....e q ele não ia ter como não me liberar...No outro dia acordei bem cedinho...coloquei uma roupa minha...um lenço na cabeça...pq tinham raspado todo meu cabelo e por incrivel q pareça...a hora q eles foram lá raspar meu cabelo...não derramei uma só lagrima e pedi pra mãe me levar até o espelho do quarto...pra eu me ver como tinha ficado...E disse...Até q não fiqueu tão feia...rsrs...
Então o Dr chegou no meu quarto me viu pronta pra ir embora....e só teve que me mandar ir pra casa...Pegamos um táxi eu ,a mamis e a Susie e na ida pro hotel..comecei a chorar pq senti dentro de mim q a partir dali ia comecar um novo ciclo na minha VIDA..estava chorando de emoção e felicidade....
E  depois de alguns meses estava assim......E com toda a certeza passaria por tudo de novo e faria tudo de novamente....Pq a vida é um eterno aprendizado e eterno recomeçar...E eu já aprendi muito e ainda tenho muito o q aprender...
Por isso digo ...Acreditem nos seus SONHOS ...acreditem na sua VIDA...A vida vale Muito a pena ainda mais quando amamos ela mais q TUDO...

10 comentários:

  1. Nanda, muitas vezes nos sentimos forte para dar conselhos. Em outras vezes somos nós que necessitamos de uma pequena centelha de luz para poder encontrar explicações que a vida não deixa exposta na nossa frente.
    Tu és uma pessoa com uma sensibilidade incrível, uma pessoa que consegue encontrar as respostas das tuas perguntas dentro do teu próprio ser.
    A tua luz me ajuda a acreditar sempre!!! Beijos, millll!!!

    ResponderExcluir
  2. À medida que vou lendo, vou te admirando e gostando de ti.
    Tu tá me ensinando várias coisas. Obrigada!

    ResponderExcluir
  3. mara antunes borges teixeira1 de setembro de 2011 13:24

    neste momento.eu só posso dizer que tu é um espirito muito evoluido que veio na missão de nos ensinar muito.Tu é uma VITORIOSA.Agora estou em prantos mas de alegria,a tua história mecheu muito comigo.No ano passado meu filho ia se formar dia 4 de setembro,medicina Veterinária .Sabe como é né muitos preparativos ele é meu único.Mas no fim de 2010,eu descobri que tinha um cancer de Mama.Eu ´so penssava na formatura dele.Vaidade,eu usei peruca bem feliz.Corri tanto fazendo o tratamento por causa da foram tura do meu filho,foi o que me empurrou pra frente.Hoje estou muito bem,eu nunca reclamei de nada.As pessoas dizem tu é uma Vitoriosa.Depois que li teu relato,tu sim é uma vitoriosa.Queria muito te conhecer.Nunca penssei em desistir..Mil beijosssssss

    ResponderExcluir
  4. Esta é a minha amiga Fernanda Pinto, posso dizer que a conheço desde antes de nascer pois acompanhei todo o namoro dos pais dela, a vida nos afastou do convívio mais intenso, mas Deus não permitiu e nos aproximou, apesar de eu ter sido parceira dos pais dela de festinha e reuniões dançantes(era o que se fazia na época), hoje ela é nossa parceira, minha e do meu marido, de noites maravilhosas, pois ao lado dela todos ficam felizes, vaidosa, adora se vestir na moda, unhas sempre coloridas, bem maquiada, cabelo escovado, ora com luzes, ora morena, por vezes castanha, acessórios, sapatos, bolsas, enfim uma riqueza de detalhes como poucas mulheres saudáveis que conheço. Aliás saudável é o que ela mais é, apesar das limitações que a doença lhe impôs. Pobre da vida,levou um trote, pois ela se vestiu de vida e é a propria VIDA! Beijo minha linda

    Cecília

    ResponderExcluir
  5. Parabéns Fernanda pelo belo exemplo que tens passado para muitas pessoas,alguns de nós sabemos que as dificuldades encontradas em nossa caminhada certamente são para nossa melhoria espiritual ou para nossa família, por isso sabemos também que chegará o dia da recompensa, pela nossa luta, pela nossa resignação, pelo nosso exemplo, enfim por tudo que apesar do sofrimento conseguimos superara e é desta forma olhando para frente e nunca desistindo de sonhar e és prova viva de que nunca devemos desanimar. Que Deus ilumine teus caminhos sempre, pois pessoas como você vieram para dar o maior exemplo de Força que o ser humano possa imaginar possível. Parabéns mil vezes,você merece!!

    ResponderExcluir
  6. Ana Cláudia CAleffi1 de setembro de 2011 20:29

    Fernanda!Para mim aquela menininha dos tempos do Ginásio São Gabriel se tornou uma mulher de verdade...Indescritível tua coragem, força e luz. Tu com certeza fazes a diferença na vida de muitas pessoas. És verdadeiramente uma vencedora. Sob todos os sentidos da palavra. Te admiro tanto e não havia tido a possibilidade de expressar. Bjs, com carinho. Ana Cláudia Caleffi

    ResponderExcluir
  7. Minha nossa!!!!Que lição de vida!!!!!

    ResponderExcluir
  8. menina vc é uma vitoriosa tem um espirito muito iluminado por isso q vc é valente e carismatica...bjss

    ResponderExcluir
  9. Q pessoa especial q és. Me tocou mt sua mensagem, belo exemplo de luta, de força, de coragem, de doçura, de energia positiva...q o Senhor te proteja e te fortaleça cada vez mais. Gde abç minha querida.

    ResponderExcluir
  10. Flávia Xavier Kieling Martins4 de setembro de 2011 23:09

    Fernanda, quando eras minha aluna...nos tempos do Ginásio São Gabriel, já adimirava tua determinação. Agora sou cada vez mais tua fã, pois mostras que com perseverança conseguimos alcançar nossos objetivos, és a maior lição de vida que alguém pode ter. Beijos Flávia Kieling.

    ResponderExcluir